Casan

Companhia Catarinense
de Águas e Saneamento

Notícias

Recursos Hídricos e Meio Ambiente

O território Catarinense é constituído por variados tipos de vegetação, entre eles: Mata Atlântica, Mata de Araucárias, Vegetação de Restinga, Mangues, enfim, um rico sistema de cobertura vegetal e animal. Embora no passado esta cobertura vegetal tenha sido devastada sem critério, hoje a preocupação com a preservação do equilíbrio ambiental é grande e por isso existem inúmeras unidades de conservação no território de Santa Catarina, com diferentes critérios de destinação. Podemos citar o Parque da Serra do Tabuleiro, O Parque da Lagoa do Peri, a APA da Baleia Franca, a Estação Ecológica de Carijós, o Parque Estadual das Araucárias, entre outras.

Questões sobre preservação e conservação de recursos hídricos e meio ambiente vêm sendo muito discutidas no âmbito das empresas de saneamento e nos órgãos governamentais em geral. E a água, vista como um recurso natural imprescindível à vida, esta sendo alvo de muitas pesquisas e tema de projetos de educação ambiental. Neste sentido podemos até citar o projeto de construção do Plano Nacional de Recursos Hídricos, desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente (Governo Federal), através da Secretaria de Recursos Hídricos.

Também compartilhando com as preocupações com a qualidade e quantidade de água no futuro, instrumentos legais de preservação foram instituídos, como a Lei Federal n.º 9.433/97, que institui a Política Nacional de recursos Hídricos e a Lei Federal n.º 4.771/65 que institui o novo Código Florestal.

E não ficando aquém, o compromisso da CASAN com a questão ambiental se reflete nas suas ações, buscando inserir critérios ambientalmente sustentáveis nas suas práticas, atividades e empreendimentos, com o fim de minimizar, mitigar e até mesmo eliminar os impactos ambientais negativos provocados pelas atividades, buscando o uso racional dos recursos naturais e a sua conservação para as futuras gerações, na mesma quantidade que hoje dispomos.